IVM CIDADE EM MOVIMENTO
A mobilidade é um tema social, não só uma questão de transporte. Para inovar, devemos observar a sociedade em seu conjunto. Instituto Cidade em Movimento (IVM): pesquisas e ações internacionais, soluções inovadoras, conhecimento compartilhado.

Passagens

Sete equipes apresentam seus projetos sobre a autoestrada A10, em Tours

As sete equipes finalistas do concurso sobre passagens na autoestrada A10, na região de Tours, França, já começaram a apresentar seus projetos.

O workshop começou no dia 28 de maio e tem previsão de terminar no dia 1º. O resultado final será anunciado pelo júri no dia 29 de junho.

O tema proposto é: “E Se a Autoestrada A10 Fosse Aberta à Passagem Urbana?” A A10 (L’Acquitaine) liga Paris a Bordeaux, e tem 549 km.

O objetivo é selecionar o melhor projeto de integração da A10 às áreas urbanas cortadas por ela, em Tours e na cidade próxima de Saint-Pierre-des-Corps.

A proposta, porém, não pode comprometer a funcionalidade da autoestrada, uma das mais importantes da França.

O concurso, patrocinado pelo Instituto Cidade em Movimento (IVM), faz parte do programa “Passagens: Espaços de Transição Para o Século 21”.

Foi lançado em janeiro e recebeu cerca de 50 projetos. Os sete finalistas foram anunciados em abril e começaram a apresentar seus projetos em workshop no último dia 28 de maio.

 

Finalistas:

-Ecran Total (França): Thomas Bobrowski, Alice Hallynck, Flavien Kukwisz;
-Les Traces de Notre Passage (França e Reino Unido): Stéphane Malek , Rowan Mackay, Arthur Poisson;
-Turn Cuts Into Cores (Portugal): Joana Barreto, Cristina Leal, Carmen Silva, Patricia Baptista, Eduardo Gonçalves;
-Microtopographies (França): Jordan Aucant, Stéphane Bonzani, Marc-Antoine Durand;
-Passages Ou/Vert (França/Japão): Atelier Gama, Mu architecture, Yasuhiro Kaneda;
-FMAU et le Cabinet d’architecture (França): Sébastien Gafari, Hélène Grialou, Frédéric Martinet, Thibault Salmon;
-Atelier Georges et Partenaires (França): Thibault Barbier, Mathieu Delorme, Claire Aquilina, Gabrielle Richard, Laurent Barelier.

Pular para a barra de ferramentas