Prefeitura de SP abre licitação para novo sistema de transporte público

A Prefeitura de São Paulo abriu nesta quarta-feira (14) três licitações para contratar as empresas de ônibus que vão operar o serviço na capital pelos próximos 20 anos.

A partir de quinta-feira (15), os editais de licitação estarão disponíveis no site da Secretaria de Transportes. Os envelopes devem ser abertos em novembro.

Os moldes da licitação muda todo o sistema de ônibus da capital. O serviço será dividido em linhas estruturais, regionais e locais.

A rede “estrutural” será responsável por linhas que ocuparão as grandes avenidas e ligarão os bairros da cidade e também a periferia ao Centro. Para essa modalidade, a cidade será dividida em quatro grandes regiões (Leste, Oeste, Norte e Sul).

A cidade foi dividida em 20 setores.

Haverá uma rede, a de “articulação regional”, que vai ligar bairros e centros regionais, e também os bairros ao Centro sem passar pelas grandes avenidas. Além disso, uma rede de distribuição local atenderá a população dentro dos bairros.

O projeto prevê aumentar a oferta de viagens em 24% e o número de assentos em 13%.

Na licitação, está previsto também que as companhias que vencerem a licitação deverão construir e operar conjuntamente um Centro de Controle de Operações, para controlar todo o sistema eletronicamente já que os ônibus terão dispositivos para isso.

A licitação é por menor taxa de retorno.