IVM CIDADE EM MOVIMENTO
A mobilidade é um tema social, não só uma questão de transporte. Para inovar, devemos observar a sociedade em seu conjunto. Instituto Cidade em Movimento (IVM): pesquisas e ações internacionais, soluções inovadoras, conhecimento compartilhado.

Passagens

Passagens Jardim Ângela: conheça o projeto da equipe +31

Pensar, agir, conectar, divulgar e empoderar: estes foram os pilares da proposta da equipe +31 para a passagem do Bambuzal. Finalistas do concurso Passagens Jardim Ângela, a equipe formada por oito estudantes de Arquitetura e Urbanismo trabalhou paralelamente a dimensão física – a partir de elementos materiais que dão suporte à ocupação – e a dimensão psicológica do espaço –  campo do sensível e a ressignificação dos lugares. A proposição tem como respaldo um elemento modular e flexível: o andaime (saiba mais detalhes aqui).

A ênfase do concurso em desenvolver metodologias e processos interdisciplinares foi um dos motivos que mais chamou a atenção do grupo para participar do edital. Segundo a equipe, “a possibilidade de construção conjunta através de diálogos fortalecidos pelas ações locais na segunda fase do concurso despertou nosso interesse, especialmente por reunir diferentes grupos e pessoas para trabalhar com o território do Jardim Ângela numa escala local de mobilidade e acessibilidade, permitindo repensar o que seria a ideia de um projeto participativo”.

Ela conta que durante todo o processo de criação da proposta  sempre houve a preocupação em dar suporte ao processo metodológico, além de buscar retomar o papel fundamental das passagens em relação à mobilidade e à acessibilidade nas cidades, considerando as diferentes relações existentes com o espaço.

A equipe espera com ansiedade o workshop que começa nesta próxima segunda-feira, dia 5, onde todos visitarão o território, serão acompanhados por especialistas do IVM Internacional e poderão aprimorar o projeto junto com moradores e associações locais de maneira horizontal. “Acreditamos também que aprenderemos muito com o processo, que novos questionamentos a respeito de aproximação, mobilidade, participação e direito à cidade serão suscitados para continuarmos a discutir e refletir sobre os desafios do espaço urbano”, conclui o grupo.

Integrantes da equipe +31. Da esquerda para a direita; de cima para baixo: Lais Boni Valieris  (estudante da FAU USP), Beatriz Mayumi Toma (estudante da FAU Mackenzie), Luiza Pires Fujiara Guerino (estudante da FAU USP), Gabriela Pedroso Chimello (estudante da FAU USP), Evelyn Harumi Tomoyose (estudante da FAU USP), Larissa Gabriela Germano Ragaini (estudante da FAU Mackenzie), Johny Katsumi Takehara (estudante da FAU USP) e Débora Jun Portugheis (estudante da FAU USP)

 

Pular para a barra de ferramentas