IVM CIDADE EM MOVIMENTO
A mobilidade é um tema social, não só uma questão de transporte. Para inovar, devemos observar a sociedade em seu conjunto. Instituto Cidade em Movimento (IVM): pesquisas e ações internacionais, soluções inovadoras, conhecimento compartilhado.

Openlab Mobilidade

OpenLab trabalha opções para mobilidade no futuro

Pensar, discutir, refletir, levantar problemáticas e propor soluções inovadoras sobre questões de conectividade e mobilidade no futuro das cidades latino-americanas é o objetivo do OpenLab Design AMLAT, uma iniciativa piloto da PSA Peugeot Citroën, do Instituto Cidade em Movimento (IVM) e da Faculdade de Design da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

O OpenLab Design AMLAT, que reúne profissionais, professores e alunos, está em funcionamento desde meados de 2015, e tem avançado muito na elaboração de cenários e análise dos impactos do carro autônomo, garagens verticais e serviços associados.

Scan_openlab0001 (2)

Segundo Emmanuel Hedouin, gerente geral de Produto Pesquisa e Engenharia Avançada da PSA Peugeot Citroën no Brasil, diretor do IVM Brasil e um dos coordenadores do OpenLab Design AMLAT, “em 2016, o objetivo deste projeto é criar mecanismos como vídeos, storyboards e documentos para compartilhar as problemáticas relativas à mobilidade no futuro, principalmente no que se refere a carros autônomos e compartilhados, garagens verticais e serviços associados. Desta forma, conseguiremos não só entender melhor o tema atualmente, mas também fazer prospecções e pensar em soluções para o futuro próximo”.

“Queremos reunir pessoas com especialidades variadas que possam agregar novas competências ao estudo da mobilidade urbana na América Latina, e também criar uma  ligação entre o mundo acadêmico e a sociedade de forma a encontrar as melhores alternativas para o futuro”, completou Hedouin.

openlab_storyboard_02“O OpenLab Design AMLAT tem ainda como objetivos específicos encorajar inovação e criar situações de aplicação real das teorias e pesquisas produzidas; identificar tendências para o futuro da mobilidade por meio de simulações e pesquisas; produzir material que comunique as pesquisas, tais como: vídeos, publicações, workshops etc.; difundir novas formas de pensar e de viver os deslocamentos em espaços urbanos; trabalhar em rede com outros fóruns, labs e centro de estudos do tema”, afirmou Luiza de Andrada e Silva, diretora do IVM Brasil.

 

 

Pular para a barra de ferramentas