IVM CIDADE EM MOVIMENTO
A mobilidade é um tema social, não só uma questão de transporte. Para inovar, devemos observar a sociedade em seu conjunto. Instituto Cidade em Movimento (IVM): pesquisas e ações internacionais, soluções inovadoras, conhecimento compartilhado.

Publicações

O movimento, no coração da modernidade

Espaços indignos para as cidades e para os cidadãos. Ainda é bastante comum que as infraestruturas de transporte nas cidades sejam projetadas em função de uma lógica técnica restrita, sem levar em conta a quantidade de tempo que os usuários gastam em se locomover…

…É comum também a crença de que o “bonito” deve vir depois do “funcional”, que a arquitetura se reduz à decoração, que o desenho urbano é um luxo e que paisagismo consiste em colocar um matinho em cima do concreto.

 

… Há muito tempo a arquitetura se apropriou, com sucesso, dos lugares do movimento, e isso inclui a cidade moderna. É o que demonstram as estações, as pontes e os passeios e canteiros do século 19. O novo contexto sócio espacial obriga os arquitetos, urbanistas e especialistas em planejamento e transporte a renovar os seus conceitos, ferramentas e projetos.

 

François Ascher, sociólogo e urbanista, premio de urbanismo na França, primeiro presidente do Conselho Científico e Consultivo do IVM Internacional.

 

*Trecho da introdução à exposição Bouge L’architecture , Paris, abril de 2003.

 

A propósito do espaço público

 

Em lugar de discussão geral, é a ação concreta o que caracteriza o trabalho do instituto Cidade em Movimento. Temos que ir além do debate sobre “espaços públicos” (expressão usada com frequência para embelezar lugares e não necessariamente para dar um caráter social aos mesmos) e debruçar-nos sobre a ressignificação, em termos de utilidade para a vida cotidiana, dos espaços e dos caminhos que caracterizam a mobilidade das pessoas .

 

Marcel Smets, arquiteto, urbanista e engenheiro belga. Presidente do Conselho Científico e
Consultivo do IVM Internacional.
Pular para a barra de ferramentas