IVM CIDADE EM MOVIMENTO
A mobilidade é um tema social, não só uma questão de transporte. Para inovar, devemos observar a sociedade em seu conjunto. Instituto Cidade em Movimento (IVM): pesquisas e ações internacionais, soluções inovadoras, conhecimento compartilhado.

Passagens

Concurso de curtas-metragens na África tem seis vencedores

Seis projetos de curtas-metragens foram selecionados entre os 30 inscritos no concurso “Filmar as passagens em cidades africanas” de “Passagens”, programa do IVM Internacional.

Eles serão na forma de animação, documentário-ficção, documentário, ficção ou “mockumentary”, com abordagens políticas, simbólicas, arquitetônicas e urbanas.

Os seis curtas serão realizados até o final deste ano na Argélia, Tunísia, Burkina Faso, Moçambique e Benin.
Os jovens cineastas selecionados serão acompanhados por profissionais e especialistas de IVM, desde a redação de scripts até a produção de seu curta-metragem. As organizações parceiras irão disponibilizar o equipamento técnico necessário.
Seis filmes serão apresentados no final de 2015, e viajarão com a exposição “Passagens” em 2016, e em eventos audiovisuais.

Seis autores, seis olhares nas passagens das cidades africanas

Aoudj Leila: L’Arrêt Argel, Argélia
Ficção: Enquanto passeia de carro numa avenida à beira-mar, um jovem casal vive a contrução de um amor adulto quando se depara com uma barreira policial. A avenida aparece como um espaço de transição entre dois mundos, a cidade e o campo, do confinamento para a liberdade, daqui para outro lugar.

Evelyne Agli: Entre Deux Rives  – Cotonu, Benim
Documentário: O autor visita seu amigo Epifânio, um padre que vai para Gbodjè de carro, barco ou a pé, de acordo com as estações do ano. O vilarejo fica isolado por um rio durante o período de inundações. Os moradores construíram uma ponte para que a travessia para Contonu seja possível.

Nesrine Dahmoun:  Alger entre de bas en haut  – Argel, Argélia
Documentário-ficção: A viagem de Amina de metrô é o fio condutor para mostrar transformação dos usuários todos os dias e sua relação com o espaço urbano, com a chegada de novos meios de transporte, que são também espaços de transição o mundo real e o universo imaginário.

Orlando Mabasso: Casa Branca – The Bridge – Maputo, Moçambique
“Mockumentary”: Conflitos decorrentes do uso, por vendedores de roupas de uma ponte em Maputo.

Nabaloum Boureima: Coup de Balai sur Le Pont  – Uagadugu, Burkina Faso
Curta-metragem de animação: Durante a revolta popular contra o regime de Blaise Compaoré, em 31 de Outubro de 2014, uma ponte foi palco de uma perseguição entre a polícia e manifestantes.

Selim Gribaa: Passicalme – Tunis, Tunísia
Travessia inquietante de Asma e Mourad na rua dos Ferreiros, na Medina de Tunis, usado para chegar a Bab Jadid, que leva à reflexão sobre a passagem como espaço arquitetônico, o conceito de fronteira, e o cinema como passagem do imaginário ao real.

Conheça o concurso!

Parceiros: Kaïna Cinéma (Algéria), Merveilles Productions (Benim), 16mm Filmes (Moçambique), Intage Production (Tunísia) et Toi & Moi Films (Burkina Faso).
Apoios: Service Culturel de l’Ambassade de France en Algérie, Acadi et le Fonds Arabe pour la Culture et les Arts.
Coordenação IVM: Yuna Conan

Pular para a barra de ferramentas