IVM CIDADE EM MOVIMENTO
A mobilidade é um tema social, não só uma questão de transporte. Para inovar, devemos observar a sociedade em seu conjunto. Instituto Cidade em Movimento (IVM): pesquisas e ações internacionais, soluções inovadoras, conhecimento compartilhado.

Passagens

China testa faixa na calçada para “viciados em celular”

China-calçada-celular

Chongqing, uma das principais cidades da China, criou uma calçada especial para as pessoas que andam pelas ruas totalmente focadas em seus celulares.

Trata-se de uma espécie de ciclovia para uso exclusivo daqueles que estão ocupados em seus smartphones. Foi pintado o chão da calçada sinalizando faixas e sentidos exclusivos para os usuários dos telefones, com uma placa, uma placa que anuncia: “Primeira calçada para celulares na China”.

A calçada foi dividida em dois, de modo a permitir o tráfego de pessoas que ainda preferem utilizar a calçada convencional.

Seu uso não é obrigatório e não está obtendo sucesso. As críticas apontam sua “pouca utilidade” e sua “irresponsabilidade por estimular uma maior dependência”.

A iniciativa é uma cópia da realizada pelo canal National Geographic, em Washington, nos Estados Unidos, em julho de 2014. O canal produz um documentário sobre o tema e resolveu fazer o experimento.

“Hoje em dia, com o desenvolvimento dos smartphones, é muito comum que as pessoas joguem no celular enquanto caminham, portanto imitamos a National Geographic e decidimos oferecer esta via especial em nossa cidade”, explicou à imprensa Lu Xiaoqing, representante da Meixin, empresa chinesa responsável pelo projeto.

Na China, 700 milhões de seus mais de 1,3 bilhão de habitantes já têm um telefone celular e as taxas de consumo de internet nestes aparelhos são das mais elevadas (158 minutos por dia, enquanto a média mundial se situa em 117).

Segundo estudo realizado pela Universidade de Washington, um em cada três americanos está ocupado em um smartphone ao atravessar cruzamentos perigosos. O departamento de transportes dos Estados Unidos também já alertou para a ligação entre os hábitos ao celular e mortes de pedestres no país.

Pular para a barra de ferramentas