IVM CIDADE EM MOVIMENTO
A mobilidade é um tema social, não só uma questão de transporte. Para inovar, devemos observar a sociedade em seu conjunto. Instituto Cidade em Movimento (IVM): pesquisas e ações internacionais, soluções inovadoras, conhecimento compartilhado.

Fábrica do Movimento

Caminhar ao lado dos rios é exemplo de urbanidade em Paris

Em grandes centros urbanos, por décadas os rios foram mantidos em segundo plano, sendo cercados na maior parte das vezes por avenidas e seus veículos motorizados, além da problemática da poluição. No entanto, as margens do rio Sena, em Paris, tem seguido à tendência de trazer espaços mais humanos na cidade. O IVM – com sedes em Buenos Aires, Xangai, São Paulo e na cidade de Paris – atua pela escala humana,  a mobilidade mais essencial existente.

Na metrópole parisiense, o Rive Gauche já é uma experiência aplicada e de resultados muito positivos quanto ao espaço público e qualidade de vida próximo ao Rio Sena; o que está em vias de estudos é a peatonização das bordas do Rive Droite do mesmo rio. Segundo estudos da gestão municipal de Paris, o objetivo é que se torne um novo espaço público, que potencialize a identidade e a atratividade da metrópole, com 4.5 hectares de área peatonal. O prefeito de Paris enviou o projeto ao Conselho de Paris em setembro de 2016 para a validação deste projeto de qualidade de vida para a cidade.

Vídeo sobre opiniões dos parisienses sobre as bordas do Sena. Fonte: Paris.fr

O projeto tem tudo para ser um sucesso – segundo estudos da gestão municipal de Paris, o Rive Gauche, citado acima, trouxe mais de seis milhões de pedestres nos últimos três anos às margens do Sena entre a Pont-Royal e a ponte da Alma. Além disso, a ecologia é um fator importante: “a emissão de gases de dióxido de nitrogênio caíram em cerca de 15% no entorno, além de um rápido desenvolvimento da biodiversidade nas margens”, afirma o estudo. Os planos para o rio Sena são parte de um masterplan que visa a reconquista das margens do rio para os cidadãos.

Vale ressaltar que a política pública dessas intervenções em Paris têm sido respaldada por mecanismos de participação popular – incluindo mais de 292 contribuições em ideias e representantes eleitos em plebiscitos. Siga acompanhando o IVM por cidades mais humanas!

Projeto para o Rive Droite, em Paris. Fonte: Paris.fr

Pular para a barra de ferramentas